terça-feira, 4 de abril de 2017

"Somos criaturas paradoxais"



"Isso é a natureza humana, um estranho e confuso paradoxo, pó dá terra e sopro de Deus, vergonha e glória. Assim, enquanto a mente cristã se volta para a vida humana na terra, para as nossas ocupações pessoais, sociais e políticas, ela procura lembrar-se de que somos criaturas paradoxais - nobres e desprezíveis, racionais e insensatos, amorosos e egoístas, semelhantes a Deus e bestiais". John Stott

Nenhum comentário:

Postar um comentário